03/09/06

Dorme bem...

Os meus olhos querem fechar-se e o meu corpo parece não se aguentar muito mais tempo de pé. Ainda assim, não podia deixar de te escrever. O que sinto ultrapassa o facto de serem 3h, o cansaço, tudo. Há algo em mim que apenas quer sair, quer mostrar ao mundo que existe e quão forte é.

Não será nunca demais dizer que te amo. Mas o que sinto, é muito mais que a simples palavra. É algo que me transcende, que não controlo, que me faz sentir saudades num segundo apenas de ausência.

Nunca antes tinha sentido que a minha vida era a vida de alguém, sem condições, restrições ou dúvidas. Existem apenas sonhos sonhados em conjunto, muita vontade de que o tempo não corra e a saudade não precise de vir pela ausência, e também que tudo isto nunca se perca.



Sei que já sabes tudo isto, mas nunca é demais deixar que as palavras aqui escritas te mostrem mais uma vez o quanto te amo.


Dorme bem...
...meu Amor.



 

5 Comentários:

Blogger Tudoisso disse...

Essa parte do "Dorme bem ... Meu amor", entra-me pelo goto de uma forma muito arrepiante e esplendorosa. Ainda há gente que sente e escreve coisas bonitas. Alturas houve que também o faria. Hoje sou incapaz! :P
Parabéns!

2:09 da manhã  
Blogger Rita disse...

Adorei ler este post!

5:04 da tarde  
Blogger salsera disse...

adorável :)

9:14 da manhã  
Blogger Marta disse...

Lindo...

6:58 da tarde  
Blogger webstyles disse...

:)
Há muito tempo que não falo contigo e hoje passei por aqui, também a sofrer de insónias, mas no meu caso, o costume de um amor impossivel. De qualquer das formas fico feliz por saber que estás bem e que continuas com a mesma paixão em relação a tudo.

um beijinho,

S.

6:49 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial