15/10/07

Minha "Pequenina"

"Ainda não saíste de perto... e já o meu coração sente saudades... sei que um dia irás voar, mas vais com alegria, segurança nas tuas asas...um voo ainda rasante...mas que, acredito, ser o treino necessário para outros voos, aqueles que eu quero acompanhar, estar ao lado com o sorriso que tu tão bem conheces.
Força minha querida, acredito na tua vontade no teu querer muito. No teu entusiasmo de conhecer o mundo com esse olhar atento... e abraçar tudo, porque tudo, para ti, é pouco.
Ser tia, é um privilégio que aceitei de imediato quando me anunciaram o feito... uma dádiva sem discussão possível... um elo para toda a vida como o de mãe, para nós é, será sempre, o vivido já não se apaga, ninguém nos tira...não se substitui... e se já vivemos! Muito... muito!
É tão bom ter-te, saber-te aí... eu vou estar sempre, tu sabes!
Ainda não saíste de perto...e já o meu coração sente saudades... Vai e desbrava esse mundo, não esperes facilidades, os obstáculos aparecem, mas nada como respirar fundo e acreditar que o sol brilha sempre, mesmo que não o vejas... ali...no nascente, no poente, no seu esplendor... mas está lá ...busca-o...
Sim, aí... em ti!

Coisas de tia, sem lágrimas, mas com muito amor e admiração."

1 Comentários:

Blogger Marlene disse...

Enfim me decidi a escrever o tão esperado comentário, não por falta de conteudo mas por não saber como escrever aquilo que te poderia dizer... Por isso aqui ficam certas lembranças... N sei se te lembras de que quando era pequenina tinha um medo petrificante de ti, por quereres jogar comigo ao quarto escuro, jogo que eu viria a gostar tanto... e no entanto vieste-te a tornar numa figura quase perfeita a meus olhos, uma idola por assim dizer.. lol
Ansiava por ser como tu, ter tantas amigas como tu, gostar tanto de animais ou mesmo por conseguir alguma vez escrever para alguem cartas, como aquelas que me enviavas... Lembro-me de uma certa vez ter reparado que tu conhecias o nome de todos os cantores que passavam na rádio e eu ter ficado completamente extasiada, e pensar se alguma vez eu também o conseguiria... Realmente é bom, ter assim uma tia... Beijinhos

11:32 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial