05/03/09

"Porque vais?
Deixa-te ficar mais um pouco,
não te apresses…
A vida tem as formas que quiseres,
os caminhos,
as curvas que lhes adivinhares.
Faz do silêncio uma ponte
para chegares ao peito
de quem está longe e em silêncio também.
Deixa-te estar…
Cruza o teu olhar com o meu
e sente o arrepiar dos sentidos
na proibição de parares o teu corpo no meu."

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial