30/08/05

Ela escreveu...

***
"Pensar antes de...

Os homens e as mulheres muitas vezes lançam-se numa aventura sentimental sem se questionarem sobre onde é que ela, realmente, os vai levar. Eu acho que todos nos devíamos perceber que uma relação amorosa só tem sentido se pudermos construir algo sólido e duradouro com o nosso parceiro. Devíamos procurar ver se existe com o nosso parceiro uma harmonia nos três planos – físico, afectivo e mental – ou se estamos somente a ceder a um capricho passageiro, á atracção do prazer. Se não temos afinidades no domínio das emoções, dos gostos e das ideias, não devíamos pensar que isso não tem qualquer importância e que as coisas se resolverão com o correr do tempo. De modo nenhum, pelo contrario; ao fim de algum tempo, quando se esgotou a novidade de certos prazeres, percebe-se precisamente que as afinidades psíquicas, intelectuais, são extremamente importantes, e se essas afinidades não existirem instala-se a discórdia, e onde se julgava encontrar a alegria e a dilatação só se encontra desilusões e tormentos."
From: Musician
***
...eu concordo.
Por mais que o sentimento se eleve ao ponto mais alto do céu, corre sempre o risco de descer em queda livre ao darmo-nos conta de que por vezes o amor não chega, não nos dá tudo o que precisamos. A concretização de um sonho é brutal, mas apenas até aquela imagem de plenitude amorosa, de casal perfeito, de amor completo se despir. E quando realmente vemos tudo claramente, por vezes sorrimos, por vezes choramos. Daí a necessidade das certezas antes de qualquer decisão... O mais importante não é se a pessoa que julgamos amar tem muitas afinidades connosco, mas sim se aquelas que não tem podem vir no futuro a criar as tais desilusões e tormentos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial