01/09/05

Nota solta

Muito se fala de respeito e tolerância pelo que é diferente, em como o Homem tem de aprender e tem vindo a aprender, até, a conviver com as diferenças dentro da sua espécie, a aceitá-las e evoluir com elas. O hoje é muito diferente de há alguns (não tantos como isso) anos atrás, onde tudo era feito às claras, em que as leis incentivavam à segregação. Mas será que estamos mesmo a viver melhor com o nosso vizinho? Ou apenas as emoções foram remetidas do moralmente reprovável para a surdina dos nossos quintais, em que continuamos a temer o que é diferente, a desgostar o que não condiz com a nossa maneira de ser, praticando a falsa moralidade do socialmente aceite? Será que algum dia o ser humano será capaz de eliminar as barreiras da censura e aceitar-se a si mesmo como a um todo?

Fica o pensamento.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial