23/06/05

A melodia do desejo

Tua pele é piano afinado
Que meus dedos tocam
Compondo melodias de paixão
Coros angelicais de ardor
Um canto de sereia sem fim
Onde me perco e encontro
Percorro as quedas de água
Que são o teu alvo pescoço
Desaguando livremente em teu peito
Doces montes que escalo
Lentamente, sem cessar
Subo e desço pelos teus braços
Que me guiam à porta do teu ser
Tuas mãos nas minhas
Um entrelaçar cego e eterno
Rodopiando sobre o teu ventre
Dançando pelas teclas de seda
Do mar que tens em teu dorso
A música cega-me
Leva-me, controla-me
A ti me entrego, doce musa
A ti me dou, melodia do desejo
Em oitavas tão amantes
Que nelas perco os meus sentidos
E morro assim, em cada dia
Que ouça o teu corpo
Juntando-se no meu...

H.

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

se fechar os olhos ainda consigo ouvir a melodia...

beijos

F.

8:20 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial