24/06/05

Às vezes...

... sinto que por ter o centro do meu Mundo demasiado definido, gravito em torno dele sem rumo;
... o tempo parece parar quando afinal ele foge por entre os dedos a cada despedida;
... tenho aquela necessidade de gritar ao Mundo que sei que nunca compreenderão;
... abro a janela só para imaginar que o meu sonho vai entrar por lá;
... olho à minha volta e apetece-me desmoronar tudo aquilo que não me apraz;
... pego em algo longo e pontiagudo e sinto-me tentado a pintar as minhas roupas de vermelho;
... também me apetece pintar as de outros.

Mas só às vezes.

1 Comentários:

Blogger Kelloguita disse...

Mas só as vezes é que conseguimos dobrar o mundo e faze-lo coincidir com os nossos sonhos...
Abre a janela... Aposto que eles entram...
A minha janela está sempre aberta...
Vou para terras Algarvias ... Voltarei! Até lá

7:45 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial